Chegou chegando !

Felipão é apresentado no Palmeiras e se diz ciente em relação à pressão: " Temos que priorizar todas, caso contrario não ficamos aqui". Foto: Felipe Zito/Globoesporte.com

por Guilherme Estevão, São Paulo - 3 de agosto de 2018

Nesta sexta (3), Luiz Felipe Scolari foi apresentado como novo treinador do Palmeiras, na Academia de Futebol, em São Paulo. O pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira chega para suprir a lacuna deixada por Roger Machado, que foi demitido na última semana, após a derrota para o Fluminense. Vencedor na equipe palestrina, Felipão chega para tentar confirmar o rótulo de grande técnico e , também, para fazer o alviverde decolar de vez.

A entrevista mostrou um Scolari mais bem humorado, assim como determinado a vencer. Questionado de como foi o convite do Palmeiras para tê-lo de volta, disse: ” Estava dormindo, em Portugal, quando o telefone tocou de madrugada, primeiramente sendo o Alexandre ( Mattos) que falou comigo. Estava com outros projetos em mente, conversei com a família [ … ] acertando tudo que precisávamos, chegamos a um acordo para eu retornar”. Felipão disse ter sido procurado por seleções e estava aberto à negociações.

As perguntas giraram em torno de como o treinador vê o atual elenco, visto que o próprio chegou a reclamar publicamente da qualidade do time que comandou de 2010 até 2012. ” Camarão é bom. Se tiver todo dia, eu como”, brincou o treinador se referindo a qualidade dos jogadores que possui no atual plantel. Ele fez questão de enfatizar várias vezes que o admira muito o elenco que conquistou a Copa do Brasil de 2012. ” Tínhamos muitas dificuldades financeiras, justificou ao relatar que o clube tinha que contratar por um custo baixo e pagar aos atletas valores diferentes dos que as principais equipes pagavam.

Luiz Felipe também se disse muito animado com o novo desafio, não pretendendo focar uma competição apenas. ” Vamos priorizar todas”, respondeu quando questionado a respeito da obsessão de conquistar a Libertadores da América. Com o forte elenco que tem, Scolari disse que a pressão é para ganhar todos os campeonatos, pois se não ganhar, a cobrança será grande, como é naturalmente no Palmeiras, que teve 5 técnicos num período de menos de um ano.

A estrutura do clube foi algo que deixou o ” Professor” bastante impressionado. Experiente, já tendo comandado um dos clubes mais ricos do mundo, o Chelsea ( ING), Felipão relatou que o Verdão não deve nada em estrutura para as equipes europeias. Com um retrospecto de 408 jogos, 192 vitórias e uma Libertadores Conquistada, em duas passagens pelo clube, a expectativa da diretoria é muito grande. Felipão já viaja no fim desta sexta para Belo Horizonte, onde comenda a equipe no duelo contra o América MG, válido pela 17° rodada do Campeonato Brasileiro.

Twitter
Principais Veículos e Jornalistas

Mais Futebol

Ver Mais Posts
Rádio Ao Vivo