EMBALOU ?

Santos volta a vencer depois de dois meses no Brasileirão e sai da zona do rebaixamento

por Guilherme Estevão, São Paulo - 19 de agosto de 2018

Abrindo a 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, última do primeiro turno da competição, Santos e Sport-RE se enfrentaram na tarde deste sábado (18), na Vila Belmiro, em um confronto direto para fugir da zona do rebaixamento. A partida terminou com vitória alvinegra por 3 a 0, tirando o Peixe da zona do rebaixamento.

As coincidências entre Santos e Sport não são agradáveis. Pelo contrário, até antes do confronto na Vila, ambos ainda não havia vencido no Brasileiro após a Copa do Mundo, e da mesma forma, seguem em situação crítica na parte debaixo da tabela.

Sem Renato, Rodrygo, Diego Pituca e Bruno Henrique, poupados por desgaste físico, o técnico Cuca promoveu as entradas de Carlos Sánchez, Sasha, Bryan Ruiz e Derlis González para iniciar a partida. Do outro lado, o Leão contava com a reestreia de Eduardo Baptista no comando da equipe.

As mudanças deram certo, pelo menos assim que o apito inicial foi dado. Com 1 minuto de jogo, Derlis González ganha na linha de fundo pela direita e cruza para a área, onde Gabriel desvia para trás com a bola sobrando para Bryan Ruíz. O costarriquenho domina no peito e toca para Eduardo Sasha, livre para abrir o placar.

Disposto a jogar no contra-ataque, o Leão de Recife foi obrigado a sair para o jogo por ter levado o gol logo no início. Com isso, o Peixe foi para cima na tentativa de ampliar o placar.

Aos 19, Bryan Ruíz recebe de Dodô na ponta esquerda e levanta na área para Derlis cabecear com espaço, porém, o cabeceio vai mal e a bola passa longe do gol de Magrão.

A equipe pernambucana não finalizava dando chances para que o Peixe pudesse marcar o segundo a qualquer minuto. Aos 34, a zaga rubro-negra falha feio, com Deivid errando o passe e Carlos Sánchez aproveitando o erro. Ele abre para Gabriel dentro da área, mas o camisa 10 para em Magrão, que fecha o gol e desvia para a linha de fundo.

O Sport foi reagir quatro minutos depois com Rogério que recebe na ponta esquerda e se livra do marcador para avançar na linha de fundo e cruzar. Na área, Hernane, na marca do pênalti, tenta o chute de primeira, mas escorrega e pega mal na redonda, com a bola passando bem próximo da trave direita de Vanderlei.

Na segunda etapa, o Peixe continuava atrás do segundo gol. Aos 8, a defesa do Leão falha novamente ao não conseguir cortar a ligação direta de Vanderlei e a bola sobra para Gabriel que lança Sánchez dentro da área. O uruguaio tenta o chute de primeiro, contudo chuta mal e a bola vai à linha d efundo.

Com 11 no relógio, o Sport teve um a menos quando Rogério derruba Derlis González que avançava pelo meio de campo. Com o segundo amarelo, o atacante recebeu o vermelho, desfalcando os visitantes que iam mal no jogo.

O Alvinegro Praiano continuou pressionando e finalmente marcou o segundo aos 34, com Rodrygo, que entrou na etapa complementar no lugar de Sánchez. Gabriel recebe na entrada direita da área e rola para González cruzar na linha de fundo, que toca para o atacante de 17 anos na pequena área tocar para o fundo do gol.

O 2 a 0 “abriu a porteira” do clube pernambucano, que tomou o terceiro dois minutos depois. Ataque santista pela esquerda com Bruno Henrique que busca o cruzamento, mas a zaga afasta. Na sobra, Victor Ferraz ajeita e com a perna destra acerta o canto direito de Magrão, sacramentando a vitória do Peixe.

“A gente sabe que o time não pode ficar nessa situação, e a vitória dá uma ‘respirada’ à equipe na competição”, disse Diego Pituca nó fim do jogo.

“Acho que o Cuca é um cara bem experiente, uma pessoa que assim que chegou deu uma mudada na equipe, mas acho que também a mudança também parte da gente, pois a gente percebeu o quanto precisa melhorar”, elogiou Rodrygo, autor do segundo gol.

“O resultado seria mais proveitoso que a própria atuação. Se vencêssemos jogando bem, como foi, seria melhor. Tivemos muito degastes na semana o que dificultou, mas nnão abalou a equipe”, disse o técnico Cuca.

Com a quinta vitória no torneio, o Santos soma 21 pontos e é por enquanto o 13º, contudo, o resultado já tira o Peixe da zona da degola. Já o Sport segue em situação complicada, até o momento em 15º, com 20, e há nove jogos sem vencer.

Próximos desafios do Peixe é o Independiente, em Buenos Aires, pelas oitavas de final da Libertadores da América, terça (21), às 21h45, e depois, o Bahia, sábado (25), em casa, às 16h, pela 21ª rodada do Brasileirão. Antes, o Sport encara o América-MG, em Recife, quarta (22), às 21h.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 3 X 0 SPORT-RE (19ª Rodada do Campeonato Brasileiro)

DATA: 18/08/2018.

HORÁRIO: 16h (Brasília).

LOCAL: Vila Belmiro, Santos – SP.

PÚBLICO: 14.512.

ARBITRAGEM: Árbitro – Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA); auxiliares – Hélcio Araújo Naves (PA) e Heronildo Freitas da S (PA).

GOLS: 1º TEMPO – Eduardo Sasha (SAN) a 1’; 2º TEMPO – Rodrygo (SAN) aos 36 e Victor Ferraz (SAN) aos 38.

CARTÕES AMARELOS: SANTOS – Victor Ferraz (Suspenso), Derlis González, Alison (Suspenso); SPORT – Claudio Winck, Morato.

CARTÕES VERMELHOS: Rogério (SPO).

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Carlos Sánchez (Rodrygo) e Bryan Ruíz (Diego Pituca); Eduardo Sasha (Bruno Henrique), Derlis González e Gabriel.Técnico: Cuca.

SPORT-RE: Magrão; Claudio Winck, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Deivid (Fellipe Bastos), Ferreira (Morato), Gabriel e Marlone; Rogério e Hernane (Carlos Henrique). Técnico: Eduardo Baptista.

Twitter
Principais Veículos e Jornalistas

Mais Futebol

Ver Mais Posts
Rádio Ao Vivo