SEGUE O LÍDER

São Paulo vence em casa a Chapecoense e é o campeão do primeiro turno do Brasileirão (Divulgação)

por Guilherme Estevão, São Paulo - 19 de agosto de 2018

O São Paulo se sagrou campeão do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, ao bater a Chapecoense por 2 a 0, na noite deste domingo (19), em São Paulo. Na partida válida pela 19ª rodada do torneio, o Tricolor Paulista se manteve na ponta da tabela e alcança os 41 pontos e sua 12ª vitória em 19 jogos. Já a Chape perde mais uma e é o 14º com 21.

Disposto a defender a liderança, já que com o tropeço do Flamengo diante do Atlético-PR, perdendo por 3 a 0, era a chance do Tricolor do Morumbi abrir distância do time carioca e se manter a frente dos demais concorrentes, já que todos venceram na rodada.

Sem nenhum desfalque, Diego Aguirre começou o jogo com algumas mudanças, mais para poupar os jogadores de desgastes físicos. Edimar entrou no lugar de Reinaldo na lateral esquerda e Shaylon surgiu como titular no meio de campo, assim como Everton Felipe. Iniciaram no banco Nenê, Rojas, Hudson e o próprio “King”naldo.

E a partida começou já com bola na rede. No primeiro ataque tricolor, pela esquerda, Edimar tabela na entrada da área com Everton Felipe, que evita a saída na linha de fundo e cruza rasteiro, na medida para Shaylon empurrar para o gol e fazer a alegria são-paulina com menos de dois minutos.

O líder do campeonato seguiu pressionando na busca por ampliar a vantagem. Shaylon, bem na partida, recebe de Everton na entrada da área, tira da marcação e bate, porém fraco e sem sustos para Jandrei, aos 12.

A Chapecoense buscava jogar no contra-ataque ao mesmo tempo que segurava a pressão são-paulina. Aos 39, Eduardo, na intermediária direita, levanta na área para Canteros que ajeita de cabeça para Wellington Paulista arriscar de primeira, com perigo, passando bem próximo à trave esquerda de Sidão.

Na segunda etapa, o Tricolor do Morumbi continuou a pressão para os catarinenses. Aguirre resolveu mexer e colocou Hudson, no lugar de Liziero, e Joao Rojas, no de Everton Felipe.

Aos 20, o Tricolor quase amplia numa bobeada da zaga alviverde. A fim de se livrar da marcação, Rojas faz um lançamento pra ele mesmo pela ponta direita, onde cruza rasteiro para o meio da área. Lá, Rafael Thyerre tenta o corte, porém contra o próprio gol, e por capricho, a bola bate em Jandrei antes, amortecendo e dando tempo para que o goleiro da Chape pudesse defender antes de uma lambança maior acontecer.

O segundo gol veio finalmente aos 37, com Hudson. Rojas recebe próximo à área e enxerga o volante avançado em velocidade, toca e o camisa 25 que entrou para marcar não perdoa, mandando um chute forte no canto superior esquerdo da meta verde e branca – São Paulo 2 a 0.

“Nosso time batalhou para conseguir esse primeiro turno. Acho que a entrega e a união da equipe está sendo excepcional e refletindo dentro de campo”, falou Jucilei na saída para o vestiário.

“Eu não sou muito de fazer gols, mas acho que hoje fomos premiados com um bom momento do time. Mérito da Chapecoense que dificultou nosso futebol, mas conseguimos vencer.”, comemorou Hudson, autor do segundo gol.

Com 70% de aproveitamento e 12 vitórias em 19 jogos, o São Paulo é o líder isolado do Brasileirão, com 41 pontos. Por outro lado, a Chapecoense perde posições, caindo 14º com 21 pontos.

O próximo desafio do Tricolor Paulista é o Paraná, quarta (22), no Durival Brito, às 19h30. Já o Verdão do Oeste recebe o Atlético-PR, na Arena Condá, no mesmo dia e horário, ambos pela 20ª rodada do torneio.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 X 0 CHAPECOENSE  – 19ª Rodada do Campeonato Brasileiro 2018

DATA: 19/08/2018.

HORÁRIO: 19h (Brasília).

LOCAL: Morumbi, São Paulo – SP.

PÚBLICO: 41.075.

ARBITRAGEM: Árbitro – Rafael Traci (PR); Assistentes – Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR).

GOLS: 1º TEMPO – Shaylon (SAO) aos 2’; 2º TEMPO – Hudson (SAO) aos 37’.

CARTÕES AMARELOS: SAO – Bruno Alves, Hudson; CHA – Wellington Paulista.

CARTÕES VERMELHOS: nenhum.

SÃO PAULO: Sidão; Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves e Edimar; Jucilei, Shaylon (Nenê) e Liziero (Hudson); Everton Felipe (Joao Rojas), Diego Souza e Everton. Técnico: Diego Aguirre.

CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Alan Ruuschel; Amaral (Osman), Márcio Araújo, Canteros e Diego Torres (Yann Rolim); Bruno Silva (Leandro Pereira) e Wellington Paulista. Técnico: Guto Ferreira.

Twitter
Principais Veículos e Jornalistas

Mais Futebol

Ver Mais Posts
Rádio Ao Vivo