SUBINDO

Palmeiras vence Atlético-PR em casa e encosta na briga pelo título do Brasileirão

por Guilherme Estevão, São Paulo - 6 de setembro de 2018

Na noite desta quarta (5) em São Paulo, o Palmeiras venceu o Atlético-PR por 2 a 0 em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois gols da vitória alviverde saiu apenas no segundo tempo com Willian, aos 25, após belo passe de Deyverson e Moisés, aos 49, de pênalti, para garantir os três pontos e deixar o Verdão dentro do G-4, em 3º com 43 pontos e permanecendo apenas a três do primeiro colocado.

Aproveitando o rodízio de jogadores para poupar peças já que a equipe ainda está viva em três competições simultaneamente, o técnico Luis Felipe Scolari começou a partida substituindo Weverton por Fernando Prass no gol alviverde, Thiago Santos ao lado de Felipe Melo no meio e Mayke e Victor Luis, nas laterais.

Apesar de favorito por jogar em casa e ter um elenco tecnicamente melhor, o Verdão teve dificuldades de chegar ao gol atleticano durante toda a partida. A primeira chegada de fato foi do Furacão, aos 22, quando em chegada pela esquerda, Bruno Nazário chuta cruzado e a bola passa pelo gol de Prass perigosamente e vai para fora.

No minuto seguinte, mais um susto do rubro-negro paranaense, já que Marcinho recebe na ponta direita e cruza milimetricamente para Nikão chegar batendo, porém ao lado da meta palmeirense.

O Verdão só foi chegar com perigo aos 30 da primeira etapa, em ataque pela direita que Mayke lança para Dudu. Este joga para dentro da área onde Willian tenta disputa, a zaga corta mal e a sobra fica com Borja que ajeita, porém o arremate vai à linha de fundo, após desviar na defesa e ir para escanteio.

O jogo era difícil para o Palmeiras já que o Atlético não só se defendia bem, mas também tomava iniciativa no ataque. Felipão resolve colocar Bruno Henrique no lugar de Thiago Santos e Deyverson no de Borja, já com bola rolando.

A entrada do atacante deu certo, já que aos 25, o camisa 16 recebe na linha do meio-de-campo e lança Willian na medida, que fica de cara para o gol e toca na saída de Santos que nada pode fazer. Palmeiras abre o placar.

Disposto a aumentar a vantagem, o Verdão foi para cima e aos 37, os papeis se invertem e dessa vez é o Willian que se livra da marcação e lança Deyverson, que recebe dentro da área, de cara para Santos, porém agora a bola não entra, com o goleiro atleticano salvando a meta rubro-negra.

O segundo gol foi sair somente nos minutos finais. Com 47 no relógio, Willian é lançado dentro da área e na hora de driblar Santos, o atacante é derrubado pelo goleiro, com a arbitragem assinalando pênalti. Na cobrança, Moisés não desperdiça, chutando bonito, firme e no alto do gol atleticano.

Com a vitória, o Palmeiras soma 43 pontos e encosta na briga pelo título do Brasileirão, já que fica a três do Internacional, que assumiu a liderança após tropeço do São Paulo diante do Atlético-MG, em Belo Horizonte. Já o Atlético-PR cai para 11º com 27.

O Verdão volta a campo no domingo (9), diante de seu maior rival, o Corinthians. O Derby Paulista acontece às 16h, no Allianz Parque, enquanto que na segunda, ocorre o duelo entre os atléticos, o Mineiro recebe o Paranaense, no Independência, às 20h.

 

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 2 X 0 ATLÉTICO-PR – 23ª Rodada do Campeonato Brasileiro 2018.

DATA: 05/09/2018.

HORÁRIO: 21h (Brasília).

LOCAL: Allianz Parque, São Paulo – SP.

PÚBLICO: 24.601.

ARBITRAGEM: Árbitro – Marcelo de Lima Henrique (RJ); Auxiliares – Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ).

GOLS: 2º TEMPO – Willian (PAL) aos 25’e Moisés (PAL) aos 49’.

CARTÕES AMARELOS: PAL – Dudu; CAP – Santos, Renan Lodi (Suspenso), Wellington (Suspenso).

CARTÕES VERMELHOS: nenhum.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Felipe Melo, Thiago Santos (Bruno Henrique) e Moisés; Dudu (Jean), Willian e Borja (Deyverson). Técnico: Luis Felipe Scolari.

ATLÉTICO-PR: Santos; Jonathan (Rony), Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi (Márcio Azevedo); Wellington, Lucho González, Bruno Nazário (Guilherme), Nikão e Marcinho; Pablo. Técnico: Tiago Nunes.

Twitter
Principais Veículos e Jornalistas

Mais Futebol

Ver Mais Posts
Rádio Ao Vivo