Finalista da Libertadores com Flamengo, Rafinha é protagonista de campanha da Bundesliga

por Guilherme Estevão, São Paulo - 21 de novembro de 2019

Como parte da campanha promocional para a Bundesliga Experience, evento que foi realizado nos dias 9 e 10 de novembro, no Rio de Janeiro, a Bundesliga trouxe uma peça exclusiva com foco nas origens de Rafinha, ídolo no futebol alemão, onde vestiu as camisas do Schalke 04 e do FC Bayern München, e hoje um dos destaques do Flamengo, que neste mês tem um dos desafios mais importantes de sua história na final da Libertadores contra o River Plate.

 

Relembrando seu passado e as dificuldades de início de carreira, Marcio Rafael Ferreira de Souza, ou Rafinha, como todo mundo o conhece, relembra toda a sua trajetória, desde os primeiros chutes em Londrina, no interior do Paraná, passando pela adaptação e glória conquistada na Alemanha e o retorno ao futebol brasileiro.

 

“Cheguei lá (Alemanha) e meu Deus… como vou falar essa língua? Não entendo nada.”, declarou o lateral, citando também o clima como uma das grandes diferenças para o que estava habituado no Brasil:

 

“Um frio… era verão, cheguei e estava chovendo, com vento. Verão sem sol?”.

 

O laço familiar também é constantemente citado pelo lateral, que se emocionou ao falar da perda de seu pai, ainda quando estava na base do Coritiba.

 

“Sou de uma família muito grande. Na altura, minha mãe, juntamente com meu pai, não tinha uma situação financeira muito boa. Era difícil manter todos os filhos… Eu falo na minha mãe pois foi quem segurou o rojão, conseguiu alimentar os sete. Graças a Deus, todos meus irmãos viraram pessoas do bem.”, declarou, antes de completar:

 

“É uma coisa que falta muito na minha vida, meu pai. Se meu pai estivesse vivo, minha carreira seria completa.”.

 

Depois do FC Schalke 04, a glória veio no Bayern. “Era o meu sonho”, disse o lateral. Na equipe bávara, Rafinha conquistou a Bundesliga por sete vezes consecutivas. “Está marcado e ninguém apaga.”

 

Brasil na Bundesliga

 

Até hoje, 155 brasileiros já jogaram na Bundesliga. Esse número coloca o Brasil em segundo lugar em nacionalidades dos jogadores que atuaram na Liga. O primeiro, claro, é a Alemanha. Esse dado é tão extraordinário que, entre os 10 primeiros países nesse ranking, o Brasil é o único não-europeu.

 

A presença brasileira não aparece apenas na quantidade de jogadores, mas de minutos

jogados também. O estrangeiro com mais tempo em campo na Bundesliga é brasileiro. O zagueiro Naldo, ex-Werder Bremen, Schalke e Wolfsburg, é o 89º, com mais de 31 mil minutos jogados.

 

Uma das maiores lendas da história da Bundesliga é o brasileiro Zé Roberto. Revelado na Portuguesa e com passagens marcantes por Santos e Palmeiras, o meia é o segundo brasileiro com mais títulos da Liga: foram quatro – somente Rafinha (sete) possui mais títulos que ele. Zé também é o segundo brasileiro com maior quantidade de jogos na Bundesliga. Foram 336 atuações em 12 temporadas. Apenas o zagueiro Naldo (356) possui mais jogos que ele.

 

Falando em Rafinha, o lateral do Flamengo está no top 10 de estrangeiros com mais partidas pelo Bayern. Foram 266 jogos pelo clube recordista de títulos da Bundesliga. Além dos sete títulos do Campeonato Alemão, Rafinha conquistou 4 Copas da Alemanha, 3 Supercopas, um Mundial de Clubes e uma Champions League. O jogador do Flamengo pode entrar em uma pequena lista de jogadores brasileiros que conquistaram Champions League e Libertadores.

 

A peça, divulgada nas contas oficiais da Bundesliga, pode ser conferida na íntegra aqui:

 

Preview Facebook

https://www.facebook.com/BundesligaOfficial/videos/938825169821031/

(Fonte: Divulgação Bundesliga)

Twitter
Principais Veículos e Jornalistas

Mais Futebol

Ver Mais Posts
Rádio Ao Vivo