No ‘trio de ferro’ paranaense, apenas Coritiba possui certificado de clube formador junto à CBF

por Guilherme Estevão, São Paulo - 8 de abril de 2021

No início do mês de abril, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a relação das 28 equipes que possuem o Certificado de Clube Formador emitido pela entidade com a necessidade de preencher requisitos previstos na Lei Pelé.

>Em que ponto está a disputa do Campeonato Paranaense?

Observando o universo das principais equipes paranaenses no cenário nacional, somente o Coritiba conseguiu atender a todos os padrões exigidos pela entidade máxima do futebol nacional que tem validade de um ano.

Os clubes que possuem essa certificação estão asseguradas em aspectos referentes ao plano jurídico (prevenção contra aliciamento e abandono intencional além do direito da assinatura do primeiro contrato profissional e preferência na renovação) e também financeiro como os benefícios indenizatórios previstos na Lei Pelé.

Além da ausência do Paraná, chama a atenção o fato do Athletico não ter conseguido a renovação do certificado o qual possuía desde 2012, ano em que foi criado o mecanismo. Ainda mais pelo fato de que, considerando somente os últimos três anos, o clube ultrapassou a marca de R$ 300 milhões em negociações.

Outro ponto que chama a atenção na ausência do Furacão é em relação as modernas instalações que o clube mantém no CT do Caju, considerado um dos melhores da América Latina e que dá suporte tanto a categoria profissional como também a base do Rubro-Negro.

Twitter
Principais Veículos e Jornalistas

Mais Futebol

Ver Mais Posts
Rádio Ao Vivo