Fred entra em último ano de contrato e torcedores começam a projetar despedida do Fluminense

por Guilherme Estevão, São Paulo - 22 de julho de 2021

O Fluminense comemorou os 119 anos de história nesta quarta-feira e, apesar do clima de celebração, os torcedores também lembraram que o aniversário marca o início do último ano de contrato de Fred com o clube. O jogador afirma que irá parar em 21 de julho de 2022, mas há uma confiança que, a depender do momento pessoal e interno, ele fique pelo menos até o fim do ano que vem. Mesmo assim, a hora da despedida se aproxima.

+ Fluminense completa 119 anos com um dos maiores ídolos da história no elenco; relembre outras lendas

Segundo maior artilheiro da história do Flu, Fred vem se recuperando de um edema na coxa direita, sofrido no último dia 7, contra o Ceará. Ele já está treinando com o grupo desde o fim da semana passada e estaria, inclusive, disponível para a partida com o Cerro Porteño (PAR), marcada inicialmente para terça-feira, mas adiada por conta da morte do filho de Francisco Arce.

Veja a tabela do Brasileirão

Mesmo aos 37 anos, este foi o primeiro problema físico de Fred na temporada, apesar de ter sido poupado outras vezes. O camisa 9 sofreu quando voltou ao Flu e demorou a ter sequência, mas foi importante na reta final do Brasileirão, quando a equipe arrancou para conquistar a vaga na Libertadores. Na fase de grupos da competição, inclusive, ele participou de 70% dos gols marcados pelo Tricolor.

O jogador já admite que não terá a mesma longevidade de Nene, que chegou aos 40 anos e pretende jogar por mais duas ou três temporadas. Em fevereiro de 2021, Fred não deu esperanças sobre permanecer por um longo tempo, mas admitiu que pode repensar os planos até dezembro caso a equipe vá novamente para a Libertadores.

– Eu tenho contrato até o ano que vem e pretendo acabar meu ciclo como jogador aqui no Fluminense e nessa data mesmo. O futuro a Deus pertence. O planejamento familiar, profissional, eu também já estou com uma idade… Eu não vou fazer o que o Nene está fazendo. Eu comecei a ser atleta há alguns anos, não consigo suportar. O pós-Fluminense vai ser o presente – avaliou.

– Acabou meu contrato ano que vem, deu. A não ser, por exemplo, que ano que vem a gente classifique novamente para a Libertadores e estiver faltando 30 dias, sei lá. Aí a gente vai até o final. A ideia é realmente parar no aniversário do clube, vai ser simbólico para mim também, por tudo que o clube fez. Não só como jogador, que eu tive muito mais visibilidade e sucesso com a camisa do Fluminense do que lá fora, do que com a camisa da Seleção, e como ser humano, faz parte parte da minha família, me moldou, caráter, aprendizado, erros acertos… Foi bacana – completou na entrevista coletiva da época.

Artilheiro da temporada com 12 gols, Fred vem quebrando algumas marcas importantes no Fluminense, mas o papel de liderança sobressai em diversos momentos. Na viagem para Assunção, no Paraguai, ele viajou mesmo sem condições de entrar em campo. Na derrota para o Grêmio, esteve no Maracanã para torcer.

O Fluminense volta a entrar em campo neste sábado, em partida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe treina nesta quinta-feira e sexta antes de embarcar para São Paulo. O duelo, às 19h (de Brasília), será no Allianz Parque.

Twitter
Principais Veículos e Jornalistas

Mais Futebol

Ver Mais Posts
Rádio Ao Vivo