Mosquito relembra gol em homenagem ao pai e promete ‘volta por cima’ do Corinthians

por Guilherme Estevão, São Paulo - 22 de julho de 2021

O Corinthians tem poucas coisas a comemorar dentro de campo nesta temporada e o desempenho de Gustavo Mosquito certamente é um deles. Com alta participação nos gols da equipe e sendo o principal homem de ataque da equipe, o jovem perdeu o pai para a Covid-19 recentemente e conseguiu voltar a marcar para poder homenageá-lo. Agradecido pelo apoio dos companheiros, ele garante que o Timão dará a volta por cima no Brasileiro.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja o valor de mercado do elenco com os possíveis reforços do Corinthians

Em entrevista a para a TV oficial do clube, Mosquito relembrou como foi marcar diante do Atlético-MG, no último sábado, na derrota por 2 a 1, na Neo Química Arena. Apesar do placar negativo, ele homenageou o pai na comemoração do tento que abriu o placar da partida. Fazia quase dois meses que ele não balançava a rede, a última vez havia sido pela Copa Sul-Americana.

– Muito feliz aquele gol que eu estava buscando, saiu no momento certo, infelizmente a vitória não veio, mas esse gol é para o meu pai e sou muito grato a Deus e a meus companheiros que me ajudaram muito no dia a dia.

– Passei por uma perda muito difícil, em que os meus companheiros me deram muita força, muita confiança para eu seguir trabalhando, dando meu melhor, ali foi um choro de emoção, de alegria, um pouco de tristeza, por saber que eu não vou mais ter meu pai comigo – completou.

Os quase dois meses sem marcar incomodaram demais o atacante, que mesmo sem balançar a rede, contribuiu demais com gols dos companheiros, sofrendo pênaltis ou dando assistências. No período ele chegou a anotar um tento diante do Sport, mas foi anulado. Ele espera que essa fase continue assim para poder homenagear seu pai mais vezes e dar alegria ao torcedor alvinegro.

– Aquele gol infelizmente foi anulado, e eu me cobro muito no dia a dia quando não faço gol. Por mais que eu esteja participando dos gols, dando assistência, sofrendo pênalti, a gente que é atacante, a gente sempre quer estar fazendo gol, infelizmente ali foi anulado, mas eu continuei trabalhando, com a cabeça boa, pés no chão. Graças a Deus veio na hora certa e é continuar trabalhando, porque o Brasileiro é muito difícil, todos os jogos são difíceis, então é continuar trabalhando para fazer muitos gols, homenagear meu pai e dar muitas alegrias para a Fiel também – comentou o corintiano.

Para fazer muitos gols, será preciso que o Corinthians como um todo possa melhorar no campeonato e nada melhor do que uma semana cheia para treinos para colocar a equipe nos eixos. Gustavo confia nesse período como um fator que vai fazer com o Timão evolua e dê a volta por cima.

– As semanas cheias vão ajudar bastante o trabalho do Sylvinho e o nosso também no dia a dia, para ajustar o que precisa melhorar e tenho certeza que tem muitos jogos ainda, a gente vai melhorar e tenho certeza que a gente vai dar a volta por cima, e vai dar alegria para a torcida e para a gente mesmo. A gente merece, é um grupo trabalhador, um grupo forte, tenho certeza que a gente vai melhorar e vai dar a volta por cima – concluiu.

Até enfrentar o Cuiabá, na próxima segunda-feira, às 20h, fora de casa, pela 13ª rodada do Brasileirão-2021, o Alvinegro terá mais três dias de trabalho completos para buscar uma vitória após duas derrotas consecutivas na competição. Atualmente, o Timão é o 12º colocado com 14 pontos.

Mosquito - Corinthians x Atlético-MG

Mosquito se emocionou no gol (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Twitter
Principais Veículos e Jornalistas

Mais Futebol

Ver Mais Posts
Rádio Ao Vivo